Observação e agradecimento

 

 

Homo sapiens completou seu primeiro mês de vida no dia 10 de fevereiro.

 

Até o dia 16, são 875 acessos. Bem, nada mal. Minha rede de contatos era limitada. É um blog de textos longos e exigentes. Não toco em temas populares, ainda que fale de coisas interessantes. E tudo no primeiro mês de vida. Sim, o início foi um sucesso. É, até eu posso reconhecer isso.

 

Escrevi o que queria e precisava escrever nesta etapa. Consegui fazer a análise de Brutus e mais dois ou três posts interessantes sobre a natureza humana, discutida a partir da experiência pessoal (A Day in Life, A chuva e o Mônada e O joelho, os limites, a falibilidade humana). Analisando bem o conjunto de posts já elaborados, vejo que cumpri os objetivos traçados no início da empreitada. Mas falta uma coisa. Só mais uma coisa. Irei imergir dentro de mim mesmo e vou arrancar as memórias de infância de dentro do casulo. Farei uma regressão auto-induzida. É engraçado. Estou entre a curiosidade candente, o êxtase e o medo desse re-encontro. Mas é preciso…

 

Este será o post mais ambicioso, mais denso e mais extenso até aqui. E assim continuará por algum tempo. Irei investir muito ali, botar muita coisa, mobilizar todas as capacidades e faculdades mentais. E isso consumirá muita energia. Inicialmente, pretendia postá-lo no meu aniversário, mas provavelmente terei de fazê-lo alguns dias depois. O que está tudo bem, afinal, é normal que os eventos associados às festividades se expandam uma semana ou dez dias em torno da data principal.

 

Depois dele, tirarei umas férias. Me afastarei por um período, e assim homo sapiens se ausentará da vida de minha meia-dúzia de leitores. Ah, não fique triste! Veja pelo lado positivo. Houve posts demais – quase um a cada dois ou três dias. Estou certo de que foi impossível ler tudo (ou mesmo quase tudo…). Assim, será possível digerir tudo com calma, ou revisitar posts especiais. Já há um arquivo significativo de notas.

 

Estou feliz por ter sido acompanhado por minha meia-dúzia de leitores até aqui. Continuem comigo em mais esta aventura.

 

Até mais.

 

F.

 

 


4 comentários sobre “Observação e agradecimento

  1. Meus parabéns pelo trabalho.

    Infelizmente não consegui ler tanto quanto queria, mas mesmo assim gastei – ganhei – meu tempo lendo boa parte dos posts.

    E este blog necessita de outras várias meia-dúzias de leitores em potencial. MOAR, MOAR, MOOOOAAAAAAARRRR, more people. Ainda te devo essa, né.

    []’s

    • Obrigado, Giulio.

      Certamente és meu mano-brother nesta empreitada chamada homo sapiens.

      Hehe, precisa, né? Mas meia-dúzia já tá bom. Não sei se eu mesmo leria posts desse tamanho…

      Falou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s